ORQUESTRA PLÁSTICA DO NEOJIBA

SE APRESENTA NO SALVADOR SHOPPING

Formação musical utiliza instrumentos produzidos a partir de cano PVC, em Ateliers de Lutheria de Plástico do programa NEOJIBA

 

Fruto de projeto que articula, por meio da música, os campos da sustentabilidade e da inclusão socioprodutiva, a Orquestra Plástica do NEOJIBA se apresenta neste sábado, dia 23 de abril, às 19h, durante o Circuito de Arte e Moda, na Praça Central do Salvador Shopping, no Piso L1. A formação é composta por violinos, violas e percussão produzidos localmente, a partir de canos de PVC e outros instrumentos de plástico, como trombone, flauta e clarineta. O repertório traz compositores eruditos e populares, como Beethoven, Brahms, Toquinho, Baden Powell e Vinícius de Moraes.

 

O grupo musical que se apresenta no Salvador Shopping divulga o projeto Orquestra Plástica do NEOJIBA: Formação Musical para Sustentabilidade, uma ação inovadora de construção de instrumentos sinfônicos de cordas com canos de PVC para iniciação musical. O projeto conta com patrocínio da Braskem e do Governo do Estado, através do Programa FazCultura. A iniciativa, desenvolvida desde 2014 pelo programa NEOJIBA, capacita adolescentes e jovens em situações de risco social da capital e do interior da Bahia no ofício da lutheria.

 

O projeto Orquestra Plástica possui dois espaços para produção de violinos, violas e violoncelos de diversos tamanhos, feitos com canos de PVC. O Atelier de Lutheria de Plástico, sediado em Simões Filho, foi inaugurado em novembro do ano passado e funciona no Centro Educacional Santo Antônio (CESA); local que também abriga um Núcleo de Prática Orquestral e Formação Coral do NEOJIBA em parceria com as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID).

 

O segundo Atelier de Lutheria de Plástico funciona no município de Angical, onde vive o músico Natan Paes, que em 2010 apresentou ao NEOJIBA um protótipo de instrumento da família das cordas feito com plástico PVC. Desde então, os luthiers do NEOJIBA lideram o trabalho de pesquisa para o aprimoramento desta técnica de construção de instrumentos sinfônicos, a partir da matéria-prima do plástico, sob a consultoria do luthier suíço Andre-Marc Huwyler.

 

Dentre as vantagens destes instrumentos destacam-se o fato de serem feitos de matéria-prima reutilizável; já estarem montados e prontos para uso; maior durabilidade em decorrência da resistência à umidade; maior resistência a impactos físicos; redução de custo com a manutenção do instrumento, colagem e ajustes.

 

O projeto Orquestra Plástica do NEOJIBA: Formação Musical para Sustentabilidade já produziu 46 instrumentos, entre violinos e violas, e outros 120 serão entregues até junho de 2016. Um total de 11 jovens foram capacitados no ofício da lutheria.

 

Grupo musical e exposições

As primeiras apresentações musicais da Orquestra Plástica aconteceram na Semana de Inovação e Tecnologia Braskem, no Espaço Verde Paralela, e no lançamento da exposição dos instrumentos sinfônicos de PVC no Salvador Shopping. No último ano, tanto a Orquestra Plástica, quanto formações menores – como quartetos e octetos – realizaram nove apresentações para cerca de 4.900 espectadores de Salvador, Região Metropolitana e cidades do interior do Estado, possibilitando que mais pessoas conheçam esta tecnologia inovadora.

 

O projeto promoveu também exposição fotográfica e de protótipos para compartilhar com o público o processo de pesquisa e desenvolvimento dos instrumentos. A mostra já foi montada no Espaço Gourmet do Salvador Shopping, no Foyer do Teatro Castro Alves e nas últimas festividades de fim de ano da Braskem.

 

Programa NEOJIBA

Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) tem por objetivo promover o desenvolvimento e a integração social, prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletiva. O NEOJIBA beneficia cerca de 4.600 crianças, adolescentes e jovens em todo o estado da Bahia. É uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (Justiça Social) e seu diretor fundador é o maestro e pianista Ricardo Castro.

 

Sobre a Braskem

Controlada pela Organização Odebrecht, a Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, com volume anual de 16 milhões de toneladas, incluindo a produção de outros produtos químicos e petroquímicos básicos. Com faturamento de R$ 54 bilhões, a Braskem também é a maior produtora mundial de biopolímeros – com capacidade de 200 mil toneladas anuais de polietileno derivado do etanol de cana-de-açúcar (Plástico Verde).

 

Com o propósito de melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico, a Braskem atua em mais de 70 países, conta com mais de 8 mil integrantes e opera 40 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, este último em parceria com a mexicana Idesa.

 

SERVIÇO

Evento: Apresentação Musical – Projeto Orquestra Plástica do NEOJIBA

Data: Sábado, 23 de abril, às 19h

Local: Praça Central do Salvador Shopping, Piso L1 – Av. Tancredo Neves, Caminho das Árvores

Entrada gratuita

 

MAIS INFORMAÇÕES:

Marcelo Argôlo
Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia - NEOJIBA

(71) 3032 1073 | 3032 1093 (Ramal 27) | (71) 9 9327 0028
marceloargolo@neojiba.org
www.neojiba.org

 

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Facebook - White Circle